EsporteSaúde

Novak Djokovic é mais um que perde competição por não se vacinar contra a Covid-19

Outros atletas também não irão disputar competições por não estarem no esquema vacinal completo

Vacinar contra a Covid-19 virou algo essencial e obrigatório para que as atividades de trabalho ou disputas de competições sejam realizadas. No esporte, quem não se vaina, além de perder campeonatos está dando o mau exemplo à população. O último grande exemplo é o tenista número 1 do mundo, Novak Djokovic.

Ele está fora do Aberto da Austrália por não ter se vacinado contra a Covid-19 e ainda teve o visto cancelado. Assim, vai voltar para casa, na Sérvia. Como prejuízos, o sérvio está mpossibilitado de disputar a competição de tênis e buscar o recorde de 21 títulos no Grand Slam. O atual campeão do torneio será deportado e ainda terá que arcar com os custos do julgamento, que durou quase nove horas.

O Aberto da Austrália começou neste domingo e Novak Djokovic seria o cabeça de chave número 1, estreando na segunda-feira (17), contra o também sérvio Miomir Kecmanovic. O horário do jogo, entretanto, constava como indefinido. A partida só seria confirmada caso o número 1 do mundo tivesse seu visto aprovado novamente.

Julgamento

Durante o julgamento, o advogado do governo australiano Stephen Lloyd argumentou que a presença de Novak Djokovic na Austrália poderia influenciar outras pessoas por se tratar de uma celebridade. Na visão de Lloyd, o tenista “com ou sem razão”, está endossando uma visão antivacina.

Já a defesa a defesa do número 1 do mundo afirma que Djokovic não fez campanha contra a vacinação apesar de ter se posicionado publicamente contra a obrigatoriedade da vacina contra a Covid. A imunização é um requisito para a participação no Aberto da Austrália, mas o tenista conseguiu uma autorização de exceção médica concedida pelos organizadores do Grand Slam por ter sido infectado pelo coronavírus em dezembro.

No julgamento deste sábado, os advogados de Djokovic alegaram que o ministro australiano não considerou as consequências do cancelamento do visto do tenista. O representante do governo australiano respondeu afirmando que Alex Hawke estava ciente de tudo que sua decisão poderia acarretar, principalmente a respeito dos ativistas antivacina. Stephen Lloyd acrescentou que o ministro também estava ciente das consequências caso não cancelasse o visto de Novak Djokovic.

A audiência, que ocorreu no Tribunal Federal da Austrália, em Melbourne, chegou a ser interrompida por uma hora para que os presentes pudessem almoçar. Antes da paralisação, no entanto, os representantes dos dois lados (Djokovic e governo australiano) fizeram a exposição dos seus argumentos. Enquanto a defesa do tenista lutava para que o visto fosse restabelecido, as autoridades da Austrália defendiam o seu cancelamento, assim como o banimento do sérvio do Australia Open e a sua deportação do país.

Outros maus exemplos

Outros atletas que não dão o bom exemplo de se vacinar contra a Covid-19 e estão perdendo competições envolvem a NBA e o futebol. No basquete norte americano,  Kyrie Irving, dos Brooklyn Nets, acabou se tornando um símbolo deste segmento dentro da liga. Ele não tomou a vacina, que é obrigatória. Assim, vem perdendo os jogos da NBA. A justificativa é que os jogadores poderiam acabar sofrendo algum tipo de prejuízo financeiro.

Renan tomou uma dose da vacina. Créditos: Divulgação/CBF

Já o lateral esquerdo Renan Lodi, do Atletico de Madrid perdeu a chance de estar na lista da Seleção Brasileira, porque não se vacinou contra a Covid-19. Ele estava concentrado com o clube na Arábia Saudita para jogar contra o Athletic de Bilbao e está imunizado, mas apenas a primeira dose da vacina.

Para estar no Equador, onde vai acontecer a partida pelas Eliminatórias da Copa, é necessário estar com o esquema vacinal completo. O técnico da Seleção, Tite, explicou o assunto.

“O Renan Lodi esteve alijado da possibilidade de convocação em função da sua não vacinação. Essa informação foi passada, então ele perdeu a possibilidade de concorrer em função de não ter se vacinado”, comentou o treinador da Seleção.

LEIA TAMBÉM

Confira os melhores documentários sobre esportes para se inspirar

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios