• JundiaíPolícia

    Suspeito é preso após causar tortura e cárcere privado em Jundiaí

    Uma mulher foi vítima do homem e ainda era agredida

  • A Polícia Civil prendeu em flagrante um homem de 32 anos em Jundiaí acusado de provocar tortura de uma mulher de 45 anos. Ela também estava em cárcere privado e foi resgatada pelos policiais. O caso ocorreu nesse domingo (19).

    De acordo com os policiais, a equipe do delegado Tiago Vieira Oliveira recebeu informações de uma pessoa mantida em cárcere privado no Centro de Jundiaí desde o último sábado (18). O suspeito morava com ela em uma pensão e após consumir muitas bebidas alcoólicas, ele passou a agredi-la dentro do quarto.

    A mulher contou que além de ofensas e palavrões, ela foi ameaçada constantemente com uma faca, teve os cabelos cortados, foi queimada com um cigarro nas costas e também recebeu outras agressões. A Polícia Civil informou que foram informados após denúncia anônima feita pela Guarda Municipal de Jundiaí, que passou o caso aos policiais.

    As corporações foram até o local e encontraram a mulher ferida e muito abalada. Ela foi atendida pelo SAMU e levada para o Hospital São Vicente de Paulo, onde recebeu os atendimentos. Segundo a Polícia, ela passou por exames de raios X e tomografia. Enquanto isso, o homem foi preso e levado para a Cadeia de Campo Limpo Paulista.

    LEIA TAMBÉM

    Ocupante de moto morre em acidente em Itatiba

    Etiquetas
    Mostrar mais

    Artigos relacionados

    Deixe uma resposta

    Botão Voltar ao topo
    Don`t copy text!
    Fechar
    Fale conosco