• Ação SocialJundiaí

    Bairros de Jundiaí tem ações intensificadas de abordagem social

    A população em situação de rua contará com muitos serviços

  • A Prefeitura de Jundiaí está intensificando as abordagens sociais nas regiões da Ponte São João e do Jardim São Camilo, além da região central da cidade. A população em situação de rua vem recebendo uma atenção especial.

    De acordo com a administração, o novo protocolo de atendimento intersetorial envolve diversas Unidades de Gestão da Prefeitura. Entre elas a Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), de Promoção da Saúde (UGPS), de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) e de Segurança Municipal (UGSM), juntamente com a Guarda Municipal (GMJ).

    Equipe circula por vários pontos para a abordagem. Créditos: Divulgação/Prefeitura de Jundiaí.

    Do final de agosto até a primeira quinzena deste mês, foram abordadas pelas equipes 469 pessoas em trânsito na região. A maioria declarou que faz o uso de álcool e outras drogas como motivo para ida ou permanência nas ruas.

    Entre os abordados, 262 possuem registro na rede socioassistencial voltada à população em situação de rua. Já os demais 207, que não possuem registro, podem ser casos de pessoas que possuem residência. Portanto, não em situação de rua, mas que acessam a região para o uso de substâncias, ou até mesmo pessoas recém-chegadas ou somente em trânsito por Jundiaí.

    “A proposta das equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS) é percorrer os locais na região onde há maior concentração de pessoas. Assim é feita a apuração das condições e estabelecer vínculos com os atendidos. Assim é possível incluí-los na rede de serviços já existente, a partir do Centro Pop. Dessa forma, é possível trabalhar de modo multifatorial no processo de saída das ruas”, explica a gestora da UGADS, Maria Brant.

    Próxima etapa

    Após as abordagens e encaminhamentos à rede de serviços, cuja porta de entrada é o Centro Pop (Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 504, Centro), o equipamento também viu, assim como os demais equipamentos da UGADS, aumento no número de atendimentos. No acumulado até o mês de agosto deste ano, o Centro Pop já havia realizado 11.337 atendimentos. Isto representa aumento de 13,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

    O diretor do Departamento de Proteção Social Especial da UGADS, Luiz Guilherme Camargo, explica a periodicidade. “As abordagens são realizadas diariamente, em dois horários (nos períodos da manhã e da tarde). A equipe é composta por orientadores sociais, supervisionados por assistente social. A partir das abordagens realizamos os encaminhamentos multidisciplinares necessários. Entre eles há alimentação, abrigo para pernoite, recâmbio para o município de origem e o restabelecimento de vínculos familiares”.

    Ainda segundo a Prefeitura de Jundiaí, toda vez que alguém se deparar com pessoas em situação de rua, a orientação é que sugira o encaminhamento para o Centro Pop. Já durante a noite, até as 22h, indica-se que seja feito contato com a equipe de abordagem social pelo telefone (11) 98531-0146.

    Após esse horário, o telefone indicado é o 153 da GMJ. Já em casos em que for identificada intoxicação ou ocorrências de risco à vida da pessoa em situação de vulnerabilidade, o SAMU poderá ser acionado pelo telefone 192.

    LEIA TAMBÉM

    Fundo Social de Louveira recebe 2,5 mil absorventes para mulheres carentes

    Etiquetas
    Mostrar mais

    Artigos relacionados

    Deixe uma resposta

    Botão Voltar ao topo
    Don`t copy text!
    Fechar
    Fale conosco