PolíciaVárzea Paulista

Operação contra cigarros eletrônicos é executada em Várzea Paulista

Os policiais fiscalizam tabacarias que realizam o comércio do produto

Começou em Várzea Paulista uma operação da Polícia Civil para fiscalizar tabacarias que realizam a venda de cigarros eletrônicos. Os trabalhos começaram na quinta-feira (12) e um comerciante chegou a ser detido. A venda do produto está proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o órgão federal, o produto pode causar danos à saúde. A Polícia Civil da Região de Jundiaí determinou a realização de vistorias nos estabelecimentos que fazem a venda dos cigarros eletrônicos. O comerciante detido em Várzea Paulista falou que comprou os equipamentos em uma feira de São Paulo e alegou que não sabia desta norma da Anvisa.

Após fiança estipulada, o comerciante pagou e vai responder o processo em liberdade. A Prefeitura de Jundiaí, inclusive, recebeu uma notificação para conferir se as tabacarias estão cumprindo as normas sanitárias e a proibição da venda.

Quem flagrar a venda de cigarros eletrônicos deve fazer a denúncia no Disque Denúncia 181. Não é preciso se identificar.

LEIA TAMBÉM

Quatro comerciantes são presos por venda ilegal de cigarros eletrônicos em Jundiaí

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!