• Esporte

    São Paulo bate o Vasco e sai na frente nas oitavas da Copa do Brasil

    Tricolor não teve maiores sustos no jogo e constrói boa vantagem

  • O São Paulo largou na frente da disputa das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Vasco da Gama. No Morumbi, o Tricolor não teve maiores problemas de fez 2 a 0 no duelo de ida. Assim, pode perder por um gol de diferença na volta, em São Januário, Rio de Janeiro, que ainda assim vai às quartas de final. Destaque para Pablo, que quebrou um longo jejum sem balançar as redes.

    Logo no primeiro tempo, a proposta do técnico Hernán Crespo era de exercer pressão com marcação alta. E o gol quase aconteceu antes mesmo do primeiro tempo, com Rigoni que finalizou e a bola passou perto do gol de Vanderlei. Benítez dava o ritmo da partida e foi por ele que o primeiro gol nasceu. Aos 13 minutos, o argentino fez lindo lançamento para o compatriota Rigoni, que finalizou com precisão e fez o primeiro gol da partida.

    O Vasco reagiu e criou chances de gol. Leo Jabá e German Cano foram os responsáveis pelas ações ofensivas, mas nada que exigisse o Tiago Volpi a fazer alguma defesa. Só que o Tricolor Paulista teve um problema. O zagueiro Arboleda saiu lesionado e teve de ser substituído por Bruno Alves.

    Segundo tempo e boa vantagem

    Na etapa final, o Vasco melhorou e o time do Lisca Doido criou mais oportunidades de gol. O São Paulo respondeu com Rigoni, que colocou a bola no pé da trave. Preocupado com a condição física, Rigoni e Benítez saíram. Gabriel Sara, Marquinhos e Talles entraram em campo e ajudaram o clube do Morumbi a ampliar  placar. Aos 33 minutos, Reinaldo cobrou escanteio, e Pablo cabeceou para as redes. O jogador não balançava as redes há 50 dias e era muito questionado pela torcida. Assim foi consolidado o placar de 2 a 0.

    São Paulo e Vasco voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em São Januário, pelo segundo duelo das oitavas da Copa do Brasil. O Tricolor pode até perder por um gol de diferença para se classificar. Já o Cruz-Maltino precisa vencer por três ou mais para avançar no tempo normal. Qualquer vitória vascaína por dois gols leva a decisão para os pênaltis.

    LEIA TAMBÉM

    No judô, Mayra Aguiar fatura o bronze e faz história

    https://www.instagram.com/prefeituradecampolimpopaulista/
    Etiquetas
    Mostrar mais

    Artigos relacionados

    Deixe uma resposta

    Botão Voltar ao topo
    Don`t copy text!
    Fechar
    Fale conosco