Esporte

Santos perde para o Goiás e desperdiça a chance de ser líder do Brasileirão

O Peixe teve uma atuação abaixo do esperado e agora é o quinto colocado

Era a chance do Santos fechar a sexta rodada do Campeonato Brasileiro na liderança, já que chegaria a 13 pontos, mesma pontuação do Corinthians, mas com um melhor saldo de gols. O adversário era o desesperado Goiás, que buscava fugir do rebaixamento. Mas no domingo (15), quem deixou a Serrinha mais feliz foram os goianos, que conseguiram a vitória e além de fugir da zona do rebaixamento, estragaram os planos dos santistas de serem líderes.

O Peixe começou bem e parecia que abriria o placar em pouco tempo. Marcos Leonardo finalizou por cima do travessão. Contudo, o Goiás acordou e logo pressionou a saida de bola do Santos. Aos 16 minutos, Emiliano Velásquez cometeu um pênalti bobo em cima de Apodi. Elvis bateu bem e abriu o placar para o Esmeraldino.

Depois do gol, o Alvinegro chegou a sair para o jogo, mas esbarrava no forte sistema defensivo. É bem verdade que Lucas Pires teve um chute espalmado por Tadeu, e Zanocelo não conseguiu aproveitar o rebote de cabeça. Depois, Zanocelo teve bom chute da entrada da área, defendido por Tadeu após desvio da zaga. A equipe goiana ainda poderia ter alcançado vantagem maior. Apodi, aos 42, disparou pela beirada do campo e finalizou com perigo. João Paulo defendeu.

Segundo tempo

Na etapa final, os dois times seguiram com as mesmas estratégias, mas com o Goiás chegando com perigo com Caetano que deu bom cabeceio e exigiu de João Paulo a fazer bela defesa. O Santos, por sua vez, quase empatou aos 13 minutos, em cobrança de escanteio de Lucas Pires. A defesa do Goiás desviou contra, e a bola bateu na trave.

Em seguida, Bustos mexeu no time. Tirou Marcos Leonardo e colocou Rwan, sacou Zanocelo e botou Sandry. O time deu sinais de que ficaria mais ofensivo. E de que poderia dar mais espaços, como em contra-ataque em que Apodi disparou contra a zaga, mas se desequilibrou na hora de finalizar e perdeu o gol. Bustos então fez mais duas mudanças: Ricardo Goulart e Lucas Braga nos lugares de Léo Baptistão e Jhojan Julio.

O Santos foi para o abafa, apostando em laterais espetados e bolas alçadas na área. O Goiás se fechou ainda mais. A insistência santista até resultou em um gol, aos 32, com Angulo, mas o lance foi anulado por impedimento de Madson. O Goiás respondeu com uma pancada de Fellipe Bastos – bem defendida por João Paulo –, conseguiu controlar a pressão adversária até o fim e ainda se permitiu o luxo de perdeu uma chance clara, com três jogadores contra dois, em finalização errada de Juan Pablo.

E agora?

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira (18), mas pela Sul-Americana. Às 21h30, recebe o Unión La Calera, do Chile, na Vila Belmiro. O Goiás, no sábado (21), tem parada dura: encara o Flamengo às 16h30 no Maracanã pelo Brasileirão. No mesmo dia, mas às 18h30, o Peixe tem mais um jogo em casa, desta vez contra o Ceará na Arena Barueri.

Com a vitória, o Goiás saltou para a 13ª colocação, com oito pontos. O Santos perdeu três posições, para Atlético-MG, São Paulo e Botafogo, e caiu para quinto.

LEIA TAMBÉM

Em jogo marcado por episódio de racismo, Corinthians empata com o Inter e segue líder do Brasileirão

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!