• Esporte

    Palmeiras fica duas vezes em vantagem, mas tropeça contra o Atlético-MG no Brasileirão

    Equipe do Verdão foi escalada como reserva, devido a final da Libertadores da América

  • A torcida do Palmeiras esteve presente em bom número no Allianz Parque nessa terça-feira (24), para se despedir do time antes da grande final da Libertadores da América no sábado (27). Pelo Campeonato Brasileiro, o Verdão teve pela frente o líder Atlético-MG e mesmo com os reservas, o futebol foi bem apresentado e por pouco o Alviverde não sai de campo como o vencedor.

    O primeiro tempo começou bem agitado e em alta temperatura, já que jogadas ríspidas e fortes discussões envolvendo Hulk com Deyverson, e Diego Costa com Kuscevic ocorreram. Falando em futebol jogado, o Palmeiras foi quem buscou surpreender os atleticanos e a primeira  chance veio com Wesley. Ele recebeu passe de Deyverson, chutou cruzado e obrigou  o goleiro Everson a fazer boa defesa.

    Mas quatro minutos depois, o gol palmeirense aconteceu. Aos 27, o mesmo Wesley recebeu de Gabriel Veron, deu um corte em Guga e chutou cruzado para fazer 1 a 0. Em desvantagem, o Galo aumentou a pressão e chegou ao empate aos 35. Zaracho invadiu a área e aproveitando rebote de Jailson após chute de Guilherme Arana.

    Segundo tempo

    Veio a segunda etapa e o técnico Cuca colocou Keno no lugar de Diego Costa, dando mais velocidade ao ataque. Tudo isso para que o Atlético-MG buscasse resolver sua situação no Campeonato Brasileiro em ser campeão já na próxima rodada.

    Só que o Palmeiras continuou equilibrando as ações e conseguiu um pênalti após chute de Danilo Barbosa que desviou no braço de Junior Alonso. O árbitro de vídeo foi acionado e confirmou o pênalti. Era a chance do desempate, mas o Patrick de Paula parou nas mãos de Everson.

    Contudo, no lance seguinte, o goleiro do Galo falhou na saída de gol em cobrança de escanteio, e Deyverson cabeceou para o gol vazio: 2 a 1. No entanto, o Atlético-MG não se abalou e empatou pouco tempo depois. Hulk, aos 15 minutos, em chutaço de primeira de fora da área igualou o marcador. Foi o 15º gol do atacante no Brasileirão. O 16º quase saiu pouco depois, em cabeçada na trave. Apesar das chances de Hulk e já sabendo do empate do Flamengo contra o Grêmio, o Galo não conseguiu a virada.

    E agora?

    O empate leva o líder Atlético-MG aos 75 pontos, contra 67 do vice-líder Flamengo. Mesmo que vença o Fluminense no domingo (28), ainda não será possível comemorar o título. Esta confirmação pode sair, no mínimo, no dia 30 de novembro, mesmo sem entrar em campo: caso o Flamengo não vença o Ceará. Já o Palmeiras vai a 59 pontos, confortável em terceiro lugar.

    O Palmeiras embarca para Montevidéu já nesta quarta-feira e decide a Libertadores no próximo sábado contra o Flamengo, às 17h (de Brasília), no estádio Centenário. O Atlético-MG recebe o Fluminense domingo, no Mineirão, às 16h, em jogo válido pela 36ª rodada do Brasileirão.

    LEIA TAMBÉM

    Botafogo volta a elite do futebol com o título da Série B

    Etiquetas
    Mostrar mais

    Artigos relacionados

    Deixe uma resposta

    Botão Voltar ao topo
    Don`t copy text!
    Fechar
    Fale conosco