• Esporte

    Santos perde na Vila Belmiro para o Atlético-GO

    No Ceará, o Bragantino perde a invencibilidade no Brasileirão

  • O Santos pressionou, atacou, criou inúmeras chances, mas acabou perdendo na Vila Belmiro, para o Atlético-GO. Assim, o Peixe permanece na zona intermediária do Campeonato Brasileiro, enquanto os goianos sobem e já sonham com uma vaga na Libertadores da América.

    O Santos teve dificuldade de passar pela forte marcação do Atlético-GO nos primeiros minutos. O Peixe foi lento nas trocas de passes e não conseguiu superar a bem montada defesa goiana. O Dragão foi preciso atrás e na frente. Aos 17 minutos, na única chance, o time abriu o placar.

    Baralhas recebeu ótimo lançamento de Zé Roberto na defesa e sofreu pênalti de João Paulo. Zé Roberto bateu e converteu. O Alvinegro, então, acordou e foi para cima com mais velocidade pelos lados. Fernando Miguel salvou em cabeceio de Madson na área. Na melhor oportunidade para empatar, Felipe Jonatan soltou uma bomba e carimbou o travessão, aos 39.

    A entrada de Lucas Braga no lugar de Luiz Felipe no intervalo deixou o Santos mais ofensivo. O Peixe ganhou velocidade pelos lados, pressionou, mas perdeu chances. Lucas Braga e Marcos Guilherme desperdiçaram boas oportunidades para empatar. Kaio Jorge finalizou sem goleiro na pequena área, mas Wanderson se jogou na bola para evitar o gol. Em seguida, Marinho carimbou o travessão, Sánchez marcou, mas o árbitro anulou acertadamente por impedimento do uruguaio.

    O Dragão também levou perigo em contra-ataque. Ronald acertou o travessão cara a cara com João Paulo. Arthur Gomes, ex-Santos, exigiu ótima defesa do goleiro para evitar o segundo. O Peixe insistiu nos minutos finais, mas mostrou cansaço para pressionar e não conseguiu o empate.

    Bragantino vê o fim da invencibilidade para o Fortaleza

    Único invicto do Campeonato Brasileiro, o Red Bull Bragantino foi ao Castelão, encarar o Fortaleza para seguir na briga pelas primeiras posições da tabela. Só que jogar contra os cearenses liderados por Eduardo Vojvoda não tem sido uma parada fácil.

    O primeiro tempo foi bem brigado, com chances para os dois lados. O Leão do Pici saiu à frente, em uma linda jogada, com assistência de Pikachu e gol do Robson. Depois, Pikachu acertou o travessão. Mas os visitantes também ameaçaram com Praxedes, que acertou a trave de Boeck. Cuello também mandou de longe, mas Boeck defendeu. Robson chegou a ampliar para o Fortaleza, mas estava em posição de impedimento e foi anulado. Por reclamação, Barbieri foi expulso.

    O Bragantino chegou com perigo no início do jogo. Fabrício Bruno e Praxedes tiveram boas chances, mas não acertaram o alvo. O ritmo do duelo diminuiu, e as duas equipes fizeram mudanças. Ederson teve uma boa oportunidade para o Leão, mas acabou mandando por cima do gol. Ronald finalizou da entrada da área, e Cleiton espalmou. No rebote, Osvaldo chutou pra fora. Marcelo Boeck fez um milagre e salvou o Leão nos minutos finais no chute do Aderlan.

    LEIA TAMBÉM

    São Paulo é goleado pelo Flamengo e vê Bruno Henrique dar show

    https://www.instagram.com/prefeituradecampolimpopaulista/
    Etiquetas
    Mostrar mais

    Artigos relacionados

    Deixe uma resposta

    Botão Voltar ao topo
    Don`t copy text!
    Fechar
    Fale conosco